terça-feira, 14 de agosto de 2007

QUEM SOU EU?

QUEM SOU EU?
( Gracinda Calado)
Sou aquela que passa e ninguém vê
A que busca no sonho uma razão
A que na noite escura se esconde,
Sou a semente de um novo alvorecer!

Sou o canto dos pássaros no arvoredo,
Sou o pio da coruja no telhado,
Sou a canção do mar lá no rochedo
Sou a chuva que corre no molhado.

Sou a lua que nasce depois some,
Sou a brisa que passa joga a rede,
Sou o trigo que nasce mata a fome,
Sou a água que cai e mata a sede.

Sou o sonho que ninguém sonhou,
Sou aquela lembrada por ninguém,
Sou a vida que o sonho carregou
Sou a pedra no sapato de alguém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário